r.izze.nhas

Resenhas e aleatoriedades literárias.

Menu Close

Resenha de Os Informantes no Amálgama

“Palavras podem ser tão devastadoras quanto bombas. Ditas na hora errada e para pessoas erradas, têm o poder de destruir vidas como se elas estivessem no meio da própria guerra. Elas comprometem pessoas e destroem laços. São armas e também mecanismos que nos levam a lembrar do que deveria ser esquecido. Os Informantes, do colombiano Juan Gabriel Vásquez, prova como as palavras exercem esse poder. O livro é uma narração surpreendente sobre traições e mágoas que envolvem uma família e sua rede de amizades…”

Para ler a resenha completa, acesse o Amálgama!

O livro, publicado pel editora L&PM, é recomendadíssimo! Uma leitura que vai agradar àqueles que gostam da literatura latino-americana. Só pra dar um geral sobre, Os Informantes conta a história de Gabriel Santoro, pai e filho, mesclando a narrativa entre os tempos da Segunda Guerra Mundial e os anos 1990, na Colômbia. Depois do filho, jornalista, publicar um livro com a história de uma amiga da família, exilada alemã, o pai escreve uma resenha negativa sobre a obra, que os afasta durante anos. Ao sofrer uma cirurgia, Santoro decide se redimir de todos os erros que cometeu, e se reaproxima do filho. Porém, o livro de Gabriel despertou segredos que passaram anos sem serem citados, e o jornalista passa a tentar desvendar o passado do pai depois de sua morte.

Na quinta-feira, como sempre, vou colocar uma nova resenha aqui no blog, então já fica um aquecimento com Os Informantes. Não deixem de conferir o texto completo!