Leitura da Semana: Diários do Vampiro, O Confronto

Oh noes, vampires again!! É, de novo. E prometo que é o último por pelo menos uns 2 meses. Estava com a cabeça cheia, e então queria um livro mamão com açúcar, algo para ler sem precisar forçar demais a mente. Então foi isso o que restou: Diários do Vampiro: O Confronto, da escritora L. J. Smith, publicado aqui pela Galera Record.

O Confronto é o segundo livro da série Diários do Vampiro. E eu não li o primeiro, ou seja: caí no meio da série e fiquei meio perdida. Mas está dando para acompanhar. E para o meu objetivo de ler algo leve, ele serve muito bem. Comecei o livro na madrugada de segunda e já passei da metade. Além de ele ser curto, a narração facilita.

E os vampiros? Vamos à eles. Essa série é mais uma daquela leva de dentucinhos para adolescentes. A trama gira em torno de Elena, uma garota popular de Fell’s Church que atrai a atenção de Stefan, um colega misterioso. Lembra alguma coisa? Sim, mas tem diferenças. Entre o potencial casal está Damon, irmão mal de Stefan. Repetindo o que aconteceu na sua “juventude mortal”, os dois se apaixonam novamente pela mesma mulher. Mulher essa que lembra muito a primeira, que os transformou em vampiros e não soube lidar com a atenção dos dois. Nem sei ao certo como foi a trama do primeiro livro, mas esse começa com Stefan e Elena juntos, mas sofrendo ameaça costante de Damon.

Impressões iniciais: ele é super rápido. A autora não se atém em detalhes, narra tudo em uma velocidade acelerada. Faz parecer que alguns parágrafos se perderam em algum lugar. Mas estou achando mais agradável de ler do que toda aquela melação de Crepúsculo. Tem mais ação, o que já é um ponto positivo pra esse livro. Porém, aparenta ser uma história que não tem nada de mais.