Tradutores protestam contra Landmark

O caso do processo da editora Landmark contra a blogueira e tradutora Denise Bottmann todos ja conhecem. Agora, os tradutores Eloisa JahnJorio Dauster, Ivone Benedetti e Ivo Barroso se jutnam à Denise a fim de preservar seu trabalho no blog Não Gosto de Plágio, onde ela divulga casos de uso indevido de traduções feitas pelas editoras brasileiras.

Os quatro tradutores redigiram um manifesto contra a editora Landmark, que fez exigências absurdas em seu processo contra Denise, pedindo indenização de 400 salários mínimos e a exclusão do Não Gosto de Plágio da internet. O manifesto pode ser lido em Apoio Denise. Os tradutores estão recolhendo assinaturas de quem também apoia o trabalho de Denise e se indignou com a ação da editora Landmark.

Quem quer assinar, pode fazer isso nesse link: http://www.petitiononline.com/Bottmann/petition.html. A tradutora pede que esse abaixo assinado seja divulgado por blogueiros e leitores, que sabem como é o trabalho dos tradutores e de como eles são desrespeitados pelas editoras. Assinem e divulguem!