Leitura da Semana: Havana

E a Feira do Livro de Porto Alegre segue bombando. Se realmente está bombando, não sei, mas fiquei bem satisfeita com a visita que fiz no sábado passado. Tanto que pretendo voltar no próximo (ou quem sabe até antes). Ainda tenho pessoas queridas pra encontrar e seguir na busca por um livro interessante e barato. Nessa primeira ida apenas incentivei o consumo desenfreado do meu namorado: ele saiu de lá com Cabeça Tubarão, A Divina Comédia (edição bilingue da Editora 34), e o primeiro volume de Peanuts Completo. Enquanto ele se delicia com esses livros, eu vou diminuindo a pilha que tenho em casa, começando com Havana, de Airton Ortiz.

O livro é o primeiro da série Expedições Urbanas da editora Record, que retrata grandes cidades pela linguagem literária das crônicas. Em Havana, Ortiz explora os cantos da capital de Cuba narrando a história do país, fazendo relatos das situações que vivenciou enquanto estava na cidade e de personagens interessantes que encontrou pelas ruas de lá. O objetivo, claro, é mostrar Havana sob um olhar novo, que vai além dos pontos turísticos e que retrate o cotidiano da cidade.

Já passei da metade da leitura, espero terminar ainda hoje, se possível – tenho um texto enorme de Semiótica pra aula de amanhã que está me assombrando. Até esse momento, o livro segue em ritmo de aprovação.

Então, boa leitura pra todos!

 

Ps.: Comentário bobo e totalmente sem ligação com o tema do blog, mas… vou ganhar um sapato hoje! (to feliz, só isso =D)