Contém um… drama?

Sábado passado foi lançado em Porto Alegre um projetinho muito bacana. A Não Editora criou o Contém 1 Drama, uma série de poesias longas ou contos distribuídos gratuitamente pela internet que vai reunir vários autores. O primeiro poema lançado do projeto é 25 Rua do Templo, que conta na verdade com dois textos de Diego Grando inspirados em sua estadia em Paris, de onde acaba de voltar.

Essa primeira edição não se contentou apenas com a versão online, e os organizadores Samir Machado de Machado e Luciana Thomé publicaram um livreto com os dois poemas de Grando em uma edição muito bem feita e com fotografias tiradas por ele em Paris. Felizmente, esse livrinho sai pelo módico preço de R$ 2. Infelizmente, está à venda apenas na Livraria Palavraria, em Porto Alegre. O jeito é baixar ele do site da Não Editora, mesmo.

O nome do primeiro poema alude à rua em que o poeta esteve hospedado em Paris. Ele fala, aqui, de um personagem que começa dizendo “Troco de ano como quem troca o lado da calçada numa travessa medieval”, alguém que vê outro ano passar como se o tempo corresse, e comemora acompanhado da bebida essa transição. O poema tem um ar tristonho, angustiante, pois o personagem enxerga pessoas em celebração, mas permanece sozinho, relembrando aqueles que não estão com ele.

O segundo, intitulado Palavra Paris, traz estatísticas e números da cidade em formato de poema, mostrando as grandezas que cabem dentro de um nome de apenas cinco letras, da carga que Paris carrega como a cidade mais bonita do mundo, a capital da moda, um palco de revoluções. Esse poema transmite um pouco mais de alegria, como se fosse uma homenagem do autor à Cidade Luz, mas também falando das coisas negativas que viu nela, terminando com um quê de saudade por ter de deixar a cidade.

A quem se interessa, Contem 1 Drama está disponível para download no site da Não Editora e também em versão “folheável” nesse link. Eu realmente gostei dessa ideia de publicar gratuitamente na internet os textos, sem falar que a edição impressa de 25 Rua do Templo também ficou muito bem feita e elegante. Recomendado para quem gosta de saborear textos bem escritos e rápidos de ler.