Leitura da Semana: Hitler

Ou melhor, Leitura das Férias, porque esse livro vai me tomar muito, mas muito tempo. E espero mesmo conseguir terminar ele quando as férias terminarem. O livro é a biografia de Adolf Hitler escrita por Ian Kershaw, e é considerada a principal pesquisa sobre a vida do ditador alemão. Essa edição publicada agora pela editora Companhia das Letras é na verdade uma versão condensada da biografia de dois volumes lançada em 1998 e 2000. Condensada em1160 páginas. Por isso vai durar todas as minhas semanas de férias.

A versão “curta” de Hitler sofreu maiores alterações no que se refere a bibliografia e notas, segundo o próprio autor na apresentação dessa nova edição. Ele disse ter retirado do livro todas as notas que faziam parte dos livros originais e algumas passagens que, embora envolvessem o tema, não eram tão relevantes. Mas mesmo assim,  o resultado foi um volume enorme com imagens e um relato detalhado sobre sua vida de Hitler desde a infância.

Eu particularmente adoro livros enormes e o desafio de lê-los – já que carregar na bolsa é impossível. Então quando fiquei sabendo do tamanho dele me deu ainda mais vontade de ler. Do que li até agora (120 páginas), posso dizer que Kershaw apresenta bem os fatos, tentando desmistificar algumas coisas ditas sobre Hitler e apontando no próprio texto de onde vem as informações que ele coloca. Ao mesmo tempo, o leitor percebe que muitas coisas sobre a juventude dele não conseguem ir além da especulação, o que o próprio autor acaba fazendo para dar prosseguimento à biografia.

Ainda tem muita coisa pra ler, mas estou gostando do que já vi. A edição é bonita e, sinceramente, adoro carregar livros enormes pra lá e pra cá – hábito que peguei quando trabalhei em uma biblioteca. A resenha pretendo publicar assim que voltar das férias. Mas vamos ver se consigo, né. Afinal, tenho uma família toda pra visitar!

Boa leitura nessa semana pra todos!