servoQue ironia. O primeiro livro que leio da Anne Rice não tem vampiros! Pois é, eu que fui na biblioteca à procura do nome dela pra ler sobre os seres dentucinhos e branquelos (nada contra vampiros negros, apenas uma analogia à falta de luz solar) acabei me interessando por uma obra sem vampiros. Em O Servo dos Ossos, Azriel, um jovem da Babilônia, é sacrificado em homenagem a um deus. No que seria seu sepultamento, feiticeiros ambiciosos de seu povo tentam transformá-lo em um demônio que seria capaz de fazer tudo o que seu mestre desejasse. O bom sacerdote se torna, então, O Servo dos Ossos, fadado à imortalidade e a cometer atos malignos em nome de seus mestres, porém amante da bondade e da justiça.