A capa em braile já convida para a leitura, mexe com o lado sensorial do leitor. Claudia Schroeder fala de toque, amor, sexo e paixão eu seus curtos poemas publicados pela editoraDublinense no livro Leia-me Toda. Vencedora de vários concursos de poesia em 2010 e também do Prêmio Off-Flip de Literatura, Claudia coloca sensualidade e desejo nos pequenos versos que contabilizam 80 páginas do livro. Mas muitos dos poemas deixam a desejar pela superficialidade, no entanto pode-se encontrar alguns que vão além do simples jogo de linguagem.