Logo se percebe que há uma relação de amor e ódio entre Rodrigo de Souza Leão (1965-2009) e a escrita em Me roubaram uns dias contados. Publicado postumamente, o livro surgiu por intermédio do jornalista e poeta Ramon Mello, que organizou as novelas do autor e as transformou em romance. Essa foi a última obra de Rodrigo, falecido há dois anos em uma clínica psiquiátrica, e nela se vê as dores e perturbações de um autor sem a pretensão de ser lido, que se mistura às personagens e faz dele mesmo o principal foco da narrativa.

Não existe tarefa mais comum que o ser humano faz do que trabalhar. É algo necessário pra conseguir dinheiro para conseguir “sobreviver”. Esse mundo do trabalho é o tema do livro Contos da Mais-Valia & Outras Taxas, de Paulo Tedesco, publicado pela editora Dublinense. O leitor encontra nele personagens com que cruza todos os dias pela rua, ou então retratos de si mesmos. Dos cargos de altos escalões aos pequenos promotores de venda, os contos de Tedesco englobam as mais comuns intrigas profissionais e frustrações pelas quais passam todos os que enfrentam a vida no mercado de trabalho.